ALLOG BLOG

Informação, notícias e atualidades para
você ficar por dentro do seu mercado.

Assine e receba por email

Black Friday 2021: como planejar a logística e driblar a falta de contêineres

09 de setembro de 2021

O aumento do congestionamento portuário mundial e a dificuldade em disponibilidade de contêineres podem agravar as já tensas cadeias de suprimentos globais e afetar as importações para a Black Friday 2021 no Brasil, principalmente para quem não se planejou. A cadeia de abastecimento mundial acabou prejudicada também pela interrupção causada pelo navio Ever Given preso no Canal de Suez, bloqueando a passagem dos navios por alguns dias em março.

Maiara Cordova, gerente de produto importação marítima da Allog, explica ser fundamental que importadores antecipem ao máximo as autorizações referentes às ordens previstas para atender a demanda da data.

“Muitos armadores têm exigido três semanas de antecedência entre a solicitação do booking e o Estimated Time of Departure (ETD) desejado. Somado esse tempo ao período de trânsito usual da viagem entre China e Brasil, já nos deixa com um lead time bem justo”, cita.

COMO DRIBLAR O CENÁRIO PARA A BLACK FRIDAY 2021?

A boa notícia? Ainda dá tempo de traçar a estratégia logística.

Segundo Maiara, caso os importadores estejam trabalhando com datas limites espelhados em anos anteriores, eles podem ser impactados pela falta de contêineres. O importante, agora, é tentar trabalhar com flexibilidade em relação à forma de transportar a carga. “Sabemos que de forma geral existe uma falta generalizada de equipamentos, mas que afeta bem mais as unidades de 40’HC”, explica.

A recomendação é evitar ou substituir esse tipo de equipamento, para que a disponibilidade seja um pouco melhor no momento da retirada das unidades. Isso evita atrasos e impactos no embarque da carga. É importante analisar também junto ao agente de cargas rotas alternativas que, embora possuam o transit time mais longo, podem garantir os embarques para atender as demandas da Black Friday.

>>> Confira também: Importações da China são aquecidas por Natal e Black Friday

DEMANDA DA CARGA

Os produtos mais movimentados pela Allog nesta época do ano são do segmento de eletroportáteis para o lar. Isso inclui fritadeiras, torradeiras, batedeiras, entre outros. Apesar dos atrasos registrados na cadeia mundial de abastecimento, Maiara lembra que ainda dá tempo para realizar a importação desejada. “É importante lembrar que quanto mais nos aproximamos da data, maiores os riscos de atrasos”, explica.

Black Friday 2021

Conforme Maiara, o papel de uma logística de transporte bem assessorada quando o assunto é Black Friday 2021 é analisar o processo de trás para frente, entendendo a data limite que a carga deve chegar no Brasil. É necessário considerar itens como o tempo da liberação da carga no porto, o tempo do desembaraço e o trânsito entre porto e fábrica. E, a partir da necessidade de fábrica, ir retrocedendo as etapas do processo até chegar ao melhor cenário.

>>> Frete aéreo: opção para importar carga no final do ano.

“Vivemos um momento inédito no mundo da logística internacional e a melhor estratégia é se preparar não somente para os embarques de Black Friday 2021, mas também para a demanda do Natal”, conclui a profissional.

Precisa planejar a sua logística internacional para o final do ano?

Black Friday 2021

Trocar versão