Brasil precisa investir R$ 25 bilhões em portos até 2040, informa estudo da CAF

Compartilhe esse artigo

Brasil precisa investir R$ 25 bilhões em portos até 2040, informa estudo da CAF. O Brasil terá que investir US$ 6,5 bilhões (R$ 25 bilhões) até 2040 se quiser ficar dotado de infraestrutura portuária adequada às mudanças tecnológicas que virão nos próximos anos, e poder concorrer com nossos vizinhos da América Latina.

É o que conclui recente estudo da CAF (Banco de Desenvolvimento da América Latina) Análise de investimentos portuários na América Latina e no Caribe para o horizonte de 2040, que analisou as restrições atuais e as necessidades de aportes de capitais na próximas duas décadas em toda a região, para ampliar a capacidade portuária. Para toda a região, os recursos necessários seriam da ordem de US$ 55 bilhões (R$ 210 bilhões).

Os investimentos no Brasil representam 13% do total previsto para a região, o que é um percentual abaixo de sua participação no setor de contêineres. De acordo com o estudo, com 9,3 milhões de TEUs movimentados, o país tem 20% da carga da América Latina. Não foi medida a participação em outras cargas. México (24%), o Panamá (16%) precisam das maiores aplicações. Os maiores problemas do país, segundo o estudo, são na área de granéis e na falta de dragagem dos portos.

Brasil precisa investir em portos

 

Fonte: Agência Infra

Brasil precisa investir em portos

Mais artigos

projeto Jornada Allog
Blog

Escola de Negócios lança projeto Jornada Allog

A Escola de Negócios da Univali, em parceria com a Allog, lançou o projeto Jornada Allog, no intuito de incentivar os acadêmicos a gerarem conteúdos na área de Comércio Exterior, para avaliação da empresa e veiculação dos materiais selecionados no blog Allog, que possui em média oito mil acessos por mês. A primeira ação da

Klabin
Geral

Klabin: inovação nas empresas é tema de palestra na 6ª Semana Cultural Allog

A Klabin SA passou a investir cada vez mais em soluções focadas na sua cultura de inovação. Esse é um trabalho conectado com todas as áreas da companhia e envolve a participação de todos os colaboradores. A empresa tem conseguido avançar significativamente no desenvolvimento de soluções que permitem otimizar resultados e estreitar parcerias com universidades

Rolar para cima
Previous slide
Next slide