Allog faz doação de máscaras faciais para pescadores de Itajaí

Compartilhe esse artigo

Pescadores de Itajaí acabam de receber doação de máscaras faciais para proteção contra a transmissão do coronavírus (Covid 19). Ao todo, foram 1 mil máscaras doadas pela Allog, empresa especializada em logística internacional, com matriz em Itajaí. Cada pescador recebeu duas unidades de tecido, lavável e reutilizável. A partir de agora, estão mais protegidos para desenvolverem as suas atividades no dia a dia.

doação de máscaras faciais

A doação de máscaras faciais visa colaborar com a comunidade da região onde a empresa está inserida. A ideia surgiu depois que a Rede do Bem – uma espécie de braço social da companhia – recebeu do projeto “Saúde a Bordo” o pedido de doação das máscaras. De acordo com Viviane Cardoso, coordenadora administrativa da Allog, a empresa prontamente ajudou uma categoria tão fundamental para economia local.

“Nosso objetivo é colaborar com a prevenção e a saúde dos pescadores e de suas famílias. Desta forma, contribuimos para reduzir os impactos da disseminação do Covid-19 em nossa região”, afirma Viviane. “Estamos lutando com um inimigo invisível e perigoso, que pode estar em qualquer lugar. Iniciativas como essa, em parceria com a Allog, são um gesto carinhoso de dizer obrigado aos trabalhadores do mar. Mesmo nos momentos mais difíceis, eles se aventuram pelos oceanos em busca dos melhores cardumes para colocar na mesa de milhões de brasileiros um alimento naturalmente saudável”, avalia Nilson José, idealizador do projeto Saúde a Bordo.

Desde que os efeitos da pandemia mundial chegaram ao Brasil, a Rede do Bem da Allog vem desenvolvendo uma série de ações. O objetivo é minimizar os impactos da doença, principalmente entre os menos favorecidos. Silvia Cantelli, analista de Marketing da Allog, lembra que já foram ajudadas famílias com doações de alimentos (cestas básicas), a Fundação Lar da 3ª Idade Padre Antônio Dias (Asilo de Camboriú, como ficou conhecido popularmente) e o projeto Anjos da Rua, da Paróquia São João Bosco, em Itajaí. Outras doações da empresa também estão em andamento.

Saúde a bordo

Idealizado em 2006 por Nilson José, que trabalha na pesca há mais de 30 anos, o projeto Saúde a Bordo tem como objetivo a prevenção, atendimento  e acompanhamento da saúde do pescador. “Pelo tipo de atividade em que atuam, os pescadores nem sempre têm tempo de ir ao médico. Acabam desenvolvendo doenças como diabetes, problemas cardiovasculares e obesidade”, acrescenta Nilson José.

LEIA TAMBÉM: ALLOG REALIZA DOAÇÕES PARA AJUDAR NO COMBATE AO CORONAVÍRUS

doação de máscaras faciais

Mais artigos

café brasileiro
Geral

Café brasileiro garante presença nos principais mercados mundiais

Cada vez mais consumido e reconhecido pela população mundial, o café brasileiro experimenta crescimento significativo em vendas no mercado externo nos últimos anos. O Brasil exportou a 117 países um total de 35,626 milhões de sacas de 60 kg de café no ano safra 2022/23. Isso representou uma receita cambial de US$ 8,135 bilhões, permanecendo

Blog

Malbec Day: a logística do vinho até o Brasil

Provavelmente seu primeiro Malbec foi uma bela garrafa de um vinho argentino, não foi? Mas você sabia que a origem desta uva é francesa? Mais especificamente da região de Cahors, sudoeste da França, onde é mais conhecida como Côt. Entretanto, esta uva não era tão famosa e valorizada até ser trazida e cultivada em solo

Rolar para cima
Previous slide
Next slide