ALLOG BLOG

Informação, notícias e atualidades para
você ficar por dentro do seu mercado.

Assine e receba por email

Cubagem aérea na logística internacional: como ela funciona?

08 de abril de 2021

Assim como o transporte marítimo tem suas próprias regras para definir valores e limites de carga, quem exporta ou importa mercadorias de avião precisa se adequar a um modelo específico: a cubagem aérea.

A cubagem aérea nada mais é do que a fórmula que as companhias utilizam para fazer a cobrança básica do frete aéreo, considerando três informações básicas: quantidade de volumes, dimensões (comprimento, largura e altura) e peso bruto.

A principal função da cubagem é a verificação do peso, em relação ao volume, que a mercadoria a ser transportada ocupará na área de carga do avião. Normalmente, itens grandes com um peso leve ocupam mais espaço em uma aeronave do que itens pequenos e pesados.

COBRANÇA MAIS JUSTA

As dimensões da carga são usadas para calcular o peso cúbico (volumétrico) e comparadas ao peso real da remessa. Vanessa Carolina da Silva, analista de produto Aéreo da Allog, explica que o cálculo é utilizado como base para a cobrança de frete. Considera sempre o volume versus peso.

“Com base na cubagem aérea, a cobrança do frete ocorre de maneira mais justa para todos os usuários do transporte aéreo. Inclusive para o transportador”, explica Vanessa.

<<< CONFIRA TAMBÉMTransporte aéreo: por que contratar um agente de cargas?

Se uma carga leve de grandes dimensões tiver o frete calculado somente pelo peso bruto, outros usuários poderão ser prejudicados. No modelo da cubagem aérea, o exportador ou importador terá que pagar o valor referente ao espaço utilizado pela carga na aeronave, mesmo carregando uma pequena e pesada.

E QUANDO A CARGA ULTRAPASSA A MEDIDA PADRÃO?

Quando a carga ultrapassa a medida padrão da aeronave, o valor do frete pode ser cobrado por um peso taxado pela própria companhia, indiferentemente do resultado do cálculo da cubagem. Isso porque a mercadoria pode ocupar mais de uma posição dentro da área de carga do avião. Quando isso ocorre, pode ser feito uma amarração em outra posição. Isso é para não comprometer a estabilidade das mercadorias durante o transporte.

Assim, a companhia aérea precisa sobretaxar o peso da mercadoria para que o espaço extra utilizado seja pago de alguma maneira.

ENTENDA A FÓRMULA DE CÁLCULO DA CUBAGEM AÉREA

Regulamentada pela International Air Transpot Association (IATA), a fórmula da cubagem aérea define que 1m³ não deve ter mais de 166,667kgs. Ou que cada 1000 gramas devem se ter, no máximo, 6000 cm³.

O cálculo considera o espaço da aeronave, operação de carga e descarga e toda a logística do frete aéreo. Considerando essa informação, podemos calcular a cubagem aérea de uma carga da seguinte maneira:

Informações necessárias:

– Quantidade de volumes
– Dimensões (comprimento, largura e altura)
– Peso bruto

1º cálculo: Comprimento x Largura x Altura = ____ x número de volumes = ____ cbm total
2º cálculo: CBM total em metros  x 166,667kgs = ___ peso cubado ou CBM total em cm/ 6000 = ____ peso cubado
3º cálculo: Comparação de peso cubado x peso bruto= ____ o maior valor será utilizado para cobrança do frete internacional aéreo

cubagem aérea

EXEMPLO PRÁTICO DE CÁLCULO DE CUBAGEM AÉREA:

3 caixas medindo 0,30 x 0,50 x 0,50m cada (CxLxA) e pesando 10 kgs cada

CBM total: 0,30 x 0,50 x 0,50m = 0,075m³ x 3 caixas = 0,225m³

Peso bruto total: 10kgs x 3 caixas = 30kgs

Peso cubado: 0,225m³ x 166,667kgs = 37,50kgs ou 225.000,00cm³ / 6000 = 37,50kgs

Peso taxado: 37,50kgs (o maior entre peso bruto e peso cubado)

Quer entender mais sobre o modelo de cubagem aérea ou cotar frete aéreo para a sua empresa?

cubagem aérea

Trocar versão