Paracanoagem: atleta da Allog tem rotina intensa de treinamentos

Compartilhe esse artigo

Você conhece algum atleta de paracanoagem? Tcharles Tiago Besing não conhecia o esporte paralímpico mas, aos 21 anos de idade, depois de sofrer um acidente de trânsito e perder a perna esquerda, teve a vida transformada. Foram dois anos de luta em uma batalha interna até voltar a praticar esportes, atividade que desempenhava regularmente antes do acidente.

Foi na academia que o paracanoísta de alta performance patrocinado pela Grupo Allog descobriu que poderia praticar diferentes atividades esportivas mesmo amputado. “A paracanoagem me trouxe de volta para a vida, me deu esperança e, desde o meu retorno, nunca mais pensei em parar”, diz.

paracanoagem

Destaque nacional

Garantido na 2ª Etapa da Copa Brasil de Paracanoagem, em Curitiba (PR), disputado de 26 a 28 de maio, e no Campeonato Brasileiro de Canoagem, que acontece entre os dias 21 e 24 de setembro, em Lagoa Santa (MG), Tcharles chegou a praticar outras modalidades.  Depois do acidente, passou pelo fisiculturismo, tendo sido destaque nacional e primeiro atleta de Santa Catarina a participar do Muscle Contest (evento internacional), mas abandonou devido ao custo elevado. Em seguida praticou handebol em cadeiras de rodas, tendo feito parte da equipe da Confederação Brasileira de Handebol. No entanto, por não ser considerado um esporte paralímpico, resolveu não dar seguimento.

>>> Leia também: Atleta paralímpico ganha biclicleta adaptada da Allog

Desfiado pelo esporte

Na paracanoagem, Tcharles conta que foi o esporte que o escolheu. Como a Confederação Brasileira de Paracanoagem e a Associação Náutica de Itajaí (ANI) iniciaram um projeto em Itajaí, próximo ao local de trabalho, Tcharles se sentiu à vontade para ser desafiado pelo novo esporte. A habilidade ficou evidente: em pouco tempo já estava participando de competições.

Tcharles conta que o apoio da Allog é de extrema importância para a prática do esporte. “Já deixei de lado esse sonho por diversas vezes por conta de ter que trabalhar para cumprir com meus compromissos”, disse. Com uma rotina de treinamentos diários de 3 a 4 horas, com exceção dos domingos, Tcharcles começa o dia cedo, por volta das 4h30. No total, são 19 horas de treino, em média, por semana, conciliado à rotina de trabalho. “Graças ao apoio e patrocínio da Allog, posso me dedicar ao meu propósito de vida e ao esporte, focando no que precisa ser feito para chegar mais perto do meu objetivo que é o pódio”, resume.

paracanoagem

Mais artigos

Blog

Incoterms: tudo o que você precisa saber

Incoterms é a abreviatura do inglês (International Commercial Terms), que em português significa “Termos Internacionais de Comércio”. Trata-se de normas padronizadas que regulam aspectos diversos do comércio internacional. São regras que determinam quem paga o frete da mercadoria, o seu ponto de entrega e quem deve fazer o seguro, entre outras coisas. Os Incoterms são

metrô no Catar
Torcedor Allog 2022

Metrô no Catar: viajar na Copa do Mundo 2022 será muito fácil

Você sabia que as linhas de metrô no Catar devem facilitar a vida de muito torcedor que for assistir à competição ao vivo e a cores? Uma linha com 221,9 quilômetros permitindo acesso aos 8 estádios do Mundial de Futebol. É isso que os torcedores vão encontrar no Catar, em novembro deste ano. O comitê

Rolar para cima
Previous slide
Next slide