Proximidade do verão faz aumentar a importação de cerveja

Compartilhe esse artigo

A importação de cerveja continua aquecida no Brasil. Mesmo quem não gosta da bebida e muito menos sabe diferenciar uma Golden Strong Ale de uma Weissbier pode perceber que restaurantes, supermercados, bares e casas especializadas andam repletas dessas novidades vindas de outras regiões do mundo. Na Allog International Transport, por exemplo, a importação de cerveja vem crescendo anualmente. Ainda que a compra da bebida ocorra durante todo o ano, é possível observar uma demanda maior no período que antecede a temporada de verão no Brasil.

importação de cerveja

Países como Holanda, Alemanha e Bélgica, na Europa; e México e Uruguai, na América Latina, lideram o ranking das importações intermediadas pela empresa. De acordo com Caroline Ferlin, Key Account de importação marítima da Allog, as cervejas são importadas pelos modais marítimo e rodoviário. O carregamento da bebida na importação marítima é feito em contêiner de Dry Van e as garrafas vêm acomodadas em caixas de papelão dentro de pallets ou slip sheets. “Devido às regulamentações brasileiras do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), os pallets de madeira e materiais de peação devem receber tratamento fitossanitário para que sejam aceitos no país”, diz.

Segundo Caroline, há casos em que é necessário manter o produto sob refrigeração durante todo o processo da cadeia logística, como na importação de chope em barril. Neste caso, o transporte ocorre em contêiner reefer com temperatura controlada. Além da importação do produto acabado – a cerveja pronta para o consumo – a empresa ainda movimenta matéria-prima para a produção nacional, como lúpulo, cevada, malte e levedura, bem como materiais para embalagens, maquinários para fábricas, entre outros.

Confiram como funciona o PASSO A PASSO DA IMPORTAÇÃO de produtos aqui.

Saiba mais

O mercado brasileiro de cerveja é o terceiro maior do mundo, atrás apenas da China e dos Estados Unidos. O setor gera cerca de 2,2 milhões de empregos e sua receita corresponde a 1,6% do Produto Interno Bruto (PIB) nacional, contribuindo com R$ 23 bilhões de impostos ao ano. O Brasil fabricou 14,1 bilhões de litros de cerveja em 2016.

 

Mais artigos

Blog

Mulheres no Comex: Tatiane Andreola e sua carreira múltipla no Comércio Exterior

A possibilidade de contato com diferentes culturas ao redor do mundo me levou para a Logística Internacional. Formada há 15 anos em Comércio Exterior pela Universidade do Vale do Itajaí (Univali), venho trilhando, desde então, uma carreira múltipla quando o assunto são áreas de conhecimento no Comex. Atualmente, ocupo o cargo de gerente de operações

Notícias do Mercado

Relação entre Brasil e Rússia vai além do futebol

Em diferentes estados, a Allog International Transport ajuda a incrementar a balança comercial movimentando produtos químicos, equipamentos agrícolas, maquinário, glicerina e alimentos para a Rússia Que brasileiro é apaixonado por futebol, ninguém duvida. Faltando pouco menos de um ano para a bola rolar novamente em uma Copa do Mundo, saiba que as relações entre Brasil e Rússia –

Rolar para cima
Previous slide
Next slide