Doação voluntária de sangue: Allog conquista Selo Empresa Solidária do Hemosc

Compartilhe esse artigo

A doação voluntária de sangue é um ato simples, gratuito e que pode salvar muitas vidas. Colaboradores da Allog participaram de uma campanha para doação voluntária de sangue e cadastro no Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea. A iniciativa foi organizada pelo CCNI (Centro de Criação de Novas Ideias). Trata-se do grupo voluntário da empresa que atua em ações sociais com o objetivo de impactar de maneira positiva a região. A coleta foi realizada no banco de sangue Hemocentro de Santa Catarina (Hemosc), de Blumenau. A entidade certificou a Allog como Empresa Solidária, projeto desenvolvido para incentivar a doação voluntária de sangue.

doação voluntária de sangue

Viviane Cardoso, líder do CCNI, conta que a proposta de promover uma campanha de doação voluntária de sangue foi apresentada por Andréia Oliveira, gerente financeiro da Allog, que também disponibilizou o transporte até o local. Com isso, Viviane e Luciana Oliveira, gerente de marketing da Allog, se encarregaram de mobilizar os colaboradores para participarem da ação. A companhia decidiu aderir à campanha visando sua contribuição com o desenvolvimento social da comunidade e para ajudar na missão de salvar vidas. “Não pensei que sairia do Hemosc tão feliz e grata em poder fazer parte deste momento. Meus colegas estavam com a mesma sensação”, comenta Viviane. Saiba tudo sobre doação de sangue aqui.

O Projeto Empresa Solidária, na qual a Allog conquistou certificado especial, foi desenvolvido para possibilitar o aumento das doações. Também busca gerar uma melhor integração entre o Hemosc e a comunidade, incentivando o colaborador a permanecer doador voluntário. O resultado foi tão positivo que o CCNI já se mobiliza para fazer uma nova doação voluntária de sangue ainda neste ano. Além disso, como os doadores se inscreveram no cadastro do Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea, eles estão na torcida para que um dos voluntários seja compatível. “Será formidável se alguém do grupo puder salvar uma vida através da doação de medula”, conta.

Para ser um doador é preciso estar bem de saúde e ter entre 16 e 69 anos de idade. Também é necessário ter mais de 50 quilos e apresentar um documento oficial com foto. Os menores de 18 anos precisam apresentar o termo de consentimento assinado pelos pais ou responsável legal. Além do Hemosc de Blumenau, existem hemocentros em outros seis municípios catarinenses. São eles Florianópolis  Joinville, Chapecó, Criciúma, Joaçaba, Blumenau e Lages, e três postos de coleta em Canoinhas, Jaraguá do Sul e Tubarão. Confira os endereços e horários de cada unidade aqui.

doação voluntária de sangue

Mais artigos

exportações do mercado da saudade
Geral

Exportações do mercado da saudade: crescem em diferentes países

Você já ouviu falar das exportações do mercado da saudade? Saudade é uma palavra que só existe no português e é usada pelos brasileiros para expressar o sofrimento causado pela falta que sentem de algo, alguém ou do país que deixaram para trás. Mas saudade tem virado um mercado promissor para a exportação de produtos

Empatia no trabalho
Blog

Empatia é a palavra do ano de 2019 para o projeto de endomarketing da Allog

A Allog – empresa especializada em logística Internacional – vai investir em ações de endomarketing ao longo de 2019 para aumentar o engajamento do seu público interno. A palavra de ordem das ações de endomarketing adotada pela Allog neste ano é “empatia”.  Segundo Tiago Schaffrath, coordenador de Marketing da empresa, o projeto tem foco na relação

Rolar para cima
Previous slide
Next slide