ESG e Sustentabilidade: Hugo Maestri traz case do Grupo Maersk no primeiro dia da Semana Cultural Allog

Compartilhe esse artigo

Os desastres naturais relacionados ao clima aumentaram em 5 vezes nas últimas 5 décadas. Desde 2018, 23 milhões de pessoas são obrigadas, anualmente, a deixarem seus lares devido a fenômenos como seca, vendaval, inundação ou terremoto. E 1,8 bilhões de pessoas podem ser empurradas para a fome até 2050 se nada for feito para frear os efeitos negativos do aquecimento global sobre o planeta.

Dados como esses, divulgados de forma oficial pela Organização das Nações Unidas (ONU), foram usados como alerta pelo diretor de Assuntos Jurídicos na Costa Leste da América do Sul da A.P. Möller Maersk Group, Hugo Maestri para explanar a importância da adoção de boas práticas de ESG (Environmental, Social and Governance) por empresas de diferentes segmentos, na primeira palestra da Semana Cultural Allog.

ESG

A mudança de comportamento e do grau de exigência do consumidor, segundo Hugo, também colabora para acelerar a implantação de ESG em companhias ao redor do mundo. Segundo ele, 81% dos clientes consideram muito importante que as empresas implantem programas para melhorar o meio ambiente, e 6 em cada 10 pagariam um prêmio para reduzir o impacto ambiental nos processos produtivos.

Cargas em navios de emissão zero

Grandes marcas como Amazon, Michelin e Ikea já se comprometeram a transportar suas cargas em navios de emissão zero até 2040. No Brasil, algumas empresas estão na lista do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), incluindo BRF, Natura, Klabin, Cielo, Movida Rent a Car, Renner, dentre outras. “Vale lembrar que, embora a prática de ESG esteja estabelecida mais fortemente entre as grandes marcas, esta é uma missão a ser alcançada por empresas de todos os portes, incluindo as médias e pequenas”, aponta o executivo.

ESG

Entre as práticas de sustentabilidade e governança, Hugo Maestri apontou ações em áreas diversas, como saúde do ecossistema e biodiversidade, reciclagem responsável, gestão de resíduos, diversidade, equidade e inclusão, apoio às comunidades locais, ética nos negócios, políticas internas e de procedimentos, gestão de compras, entre outros.

Como exemplo de práticas de ESG do próprio Grupo Maersk, Hugo cita a construção de 8 navios verdes (com baixa emissão de poluentes) que serão colocados em operação até 2030 – sendo o primeiro deles com previsão de ser entregue em 2023 – e que reduzirão em 1 milhão de toneladas anuais os gases de efeito estufa de sua frota. Outra meta da empresa de logística global é alcançar até 2030 o índice de 40% de mulheres em cargos de liderança. “A inclusão e a diversidade é um dos temas mais debatidos no país atualmente e muitas empresas já estão em linha com metas neste sentido”, cita.

Semana Cultural Allog

Realizada desde 2016, a Semana Cultural Allog busca compartilhar conhecimento e trazer, para dentro da empresa, especialistas de mercado para abordar temas atuais e relevantes ao comércio exterior. Neste ano, o evento acontece no salão de convenções do Hotel Mercure, em Itajaí (SC), focado exclusivamente no time interno de colaboradores.

ESG

Além de Hugo Maestri, Aline Borzi (Biolab Farmacêutica), Renata Freesz (Klabin) e João Artur Maniabosco (Cremer) farão a diferença no ambiente corporativo do Grupo Allog. O evento também está sendo transmitido online para as equipes das demais unidades da empresa em Porto Alegre, Curitiba, São Paulo, Campinas, Santos, Rio de Janeiro e Manaus.

ESG

Mais artigos

Ações

ISO 9001: a importância de um sistema de gestão da qualidade para o cliente

A cultura da qualidade sempre esteve presente nos serviços da Allog International Transport. Para evidenciar este compromisso, o Sistema de Gestão da Qualidade da empresa é certificada com a ISO 9001 (International Organization for Standardization), norma que apresenta diretrizes para a Gestão da Qualidade adotada por organizações de diversos segmentos em todo o mundo. A

Blog

Desafio PedAllog: ciclistas somam distância de uma volta e meia na Terra

Um total de 62.328 quilômetros ou uma volta e meia ao redor da Terra. Essa foi a distância, se somadas todas as atividades de pedal dos 181 participantes do Desafio PedAllog, alcançada em 24 dias de ação. A competição contou com a participação de ciclistas de diferentes regiões do país e até do exterior. Promovido

Rolar para cima
Previous slide
Next slide