Maria Cândida Guedes: uma história dedicada à logística do tabaco

Compartilhe esse artigo

Minha formação universitária e o conhecimento em idiomas foram a porta para que o Comércio Exterior entrasse na minha vida. Sou formada em Letras-Bacharelado (Português/Francês) pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul e em Letras-Licenciatura (Português/Inglês) pela Universidade de Santa Cruz do Sul.

Concomitantemente aos estudos universitários, fiz cursos de língua inglesa e espanhola, e cursos de aperfeiçoamento nas áreas de sistemas e gestão de pessoas. Atualmente, exerço o cargo de Supervisora de Tráfego e Exportação na empresa China Brasil Tabacos Exportadora S.A., em Venâncio Aires, no Rio Grande do Sul.

Maria Cândida Guedes

Me tornei mãe aos 21 anos, quando estava concluindo a primeira formação universitária e ainda não havia começado a trabalhar. Por este motivo, posso dizer que a profissão me escolheu, pois, por necessidade, abracei a primeira oportunidade de emprego que surgiu. E tive sorte de que ela ia ao encontro dos meus interesses. Meus estudos prévios de língua inglesa me fizeram estar preparada para atender aos requisitos da vaga.

Comecei a trabalhar na área do Comex como assistente administrativa no Departamento de Exportação de uma empresa do ramo de tabaco em 1990. Dois anos depois, a empresa, cuja sede estava localizada em Venâncio Aires, fundiu-se com outra companhia do município de Vera Cruz, para onde fui transferida. Depois disso, aconteceram mais duas fusões e, por último, em 2012, voltei a trabalhar em Venâncio Aires, numa joint venture formada entre a empresa em que eu trabalhava e uma empresa chinesa.

A área de Comércio Exterior tem desafios diferentes a cada ano e depende do panorama do mercado. A falta de espaço nos navios e de contêineres para exportação são problemas recorrentes, ano após ano, com maior ou menor intensidade. Gosto muito do contato diário com clientes, colegas e culturas de diferentes países, além dos novos desafios que surgem a cada ano e tornam o trabalho sempre interessante e motivador.

Quando ingressei no segmento de tabaco, várias mulheres já eram atuantes e em posições de destaque na área do Comex. Uma carreira de sucesso é aquela onde fazemos o que gostamos e somos valorizados pelo que fazemos, podendo trabalhar com autonomia e criatividade, além de ser recompensados financeiramente conforme o que fazemos.

Conheço detalhadamente os trâmites da exportação de tabaco, desde a preparação da mercadoria para o embarque, passando pelos contatos com transportadores, armadores e órgãos públicos, até a emissão da documentação e registros nos diferentes sistemas. O cultivo e a exportação do tabaco são extremamente importantes para o desenvolvimento econômico da região onde vivo e atuo e a tendência é de que as exportações brasileiras de tabaco continuem estáveis nos próximos anos.

>>> Confira também o perfil de Carolina Canfield.

Mais artigos

Blog

Felicidade no trabalho: Jornada Allog promove palestra na Univali

O que guia nossas escolhas profissionais? Como ter felicidade no trabalho? A felicidade e a satisfação na empresa são influenciadas por fatores diferentes do que geralmente imaginamos? Quantas pessoas são realmente felizes no que desenvolvem? Estas e outras questões envolvendo felicidade no ambiente coorporativo e também fora dele serão respondidas pelo palestrante Alexandre Lima, consultor

Blog

Ganhador da bike da Allog vai voltar a pedalar

A sorte do analista de documentação do Porto Itapoá, Marcelo Lima Fresteiro, ficou conhecida durante a edição 2018 do Meeting Comex, realizada na Expovile, em Joinville, no último dia 18 de abril. Ele foi o vencedor do sorteio de uma bicicleta Soul, promovido pela Allog International Transport em parceria com a Soul Cycles, de Itajaí.

Rolar para cima
Previous slide
Next slide