Nova alíquota de importação deve impulsionar mercado de brinquedos em 2021

Compartilhe esse artigo

As vendas de brinquedos importados devem ser impulsionadas em 2021 pela nova alíquota de importação – uma redução da tarifa de importação de 35% para 20%, determinada pelo governo federal. A medida abrange itens variados como patinetes, triciclos, bonecos, quebra-cabeças, trens elétricos, entre outros. Com a redução para 20%, a tarifa brasileira será igualada à TEC (Tarifa Externa Comum) do Mercosul, eliminando a elevação tarifária excepcional que vigorara desde 2011.

nova alíquota de importação

De acordo com informações do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), a nova alíquota de importação deve reduzir os preços dos brinquedos entre 5,1% e 5,7% e aumentar a quantidade comercializada entre 6,9% e 7,7% nos próximos meses. Para o Ministério da Economia, há outros benefícios, como a redução do contrabando e da pirataria de brinquedos assim como o potencial de crescimento do varejo formal no Brasil.

Segundo o Comitê Executivo da Câmara do Comércio Exterior (Camex), o país cobrava a terceira maior tarifa de imposto de importação sobre os brinquedos no mundo, atrás apenas do Afeganistão e Zimbábue.

Leia também: Crescimento das exportações favorece abertura de novos mercados

Incremento nas operações

Chiara Pasqualini, analista de operações da Allog, explica que, considerando que o principal parceiro comercial do Brasil é a China, a nova alíquota de importação, aliada ao período de pandemia, deverá gerar um incremento de operações de compra de brinquedos no mercado externo. “Esse  tipo de operação deve atender as exigências do Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial), órgão responsável por garantir a qualidade e segurança de produtos nacionais e importados no país”, esclarece. Com a pandemia, as crianças estão em casa, o que tem aumentado a procura por brinquedos variados.

Como o pagamento dos impostos é realizado no momento do desembaraço aduaneiro (registro da DI), importações realizadas até as primeiras semanas de dezembro 2020 também foram beneficiadas pela nova alíquota. De acordo com dados da Associação Brasileira dos Importadores e Exportadores de Brinquedos (Abrimpex), a China é a origem para cerca de 80% dos brinquedos importados pelo Brasil.

nova alíquota de importação

Mais artigos

Ações

Linkedin: como gerar conteúdo de valor

Gerar conteúdo relevante, relacionar-se com o mercado e estar atento à novidades que envolvem carreira, trabalho e Comércio Exterior motivaram Jonas Vieira a criar um perfil no LinkedIn. Atuando desde abril deste ano na geração de conteúdos, o escritor tem se posicionado como referência para assuntos de importação e tem se destacado no segmento com

Blog

Estudantes da Univali participam de visita técnica na Allog

Estudantes da disciplina de Inovação e Criatividade do curso de Administração de Empresas da Universidade do Vale do Itajaí (Univali) participaram de uma visita técnica à Allog International Transport. A empresa é parte de um estudo que está sendo desenvolvido em sala de aula pelos estudantes. O resultado dos trabalhos será encaminhado à empresa e

Rolar para cima
Previous slide
Next slide