Tamara Simas Novais: amor pelo Comex desde cedo

Compartilhe esse artigo

Ainda na adolescência, eu acompanhava o cenário de comércio exterior brasileiro e me intrigava com as notícias sobre economia, balança comercial e logística internacional. Aquele universo chamava a minha atenção e, sem dúvida alguma, contribuiu para a decisão de cursar a faculdade de Comércio Exterior. Na Universidade do Vale do Itajaí (Univali), onde me formei, trabalhei como bolsista na Empresa Júnior de Comércio Exterior. Meu foco no estágio era a realização de pesquisa de mercado internacional, onde trabalhávamos com demandas de compra e venda de importadores e exportadores locais.

Logo após a faculdade, segui na pós graduação em Direito da Aduana e do Comércio Exterior Brasileiro, o que ajudou a abrir horizontes sobre tudo o que envolve os procedimentos logísticos internacionais. Depois da experiência com pesquisa de mercado, na universidade, entrei em uma empresa multinacional onde tive a oportunidade de trabalhar com exportação e importação marítima e ter contato com o ambiente de produção. Foi importante para entender a visão do cliente, o que ele espera e como ter bons prestadores de serviço podem minimizar alguns “estresses” no mundo do comércio exterior e da logística internacional.

Tamara Simas Novais

Após ter passagem pela indústria, ingressei na Allog, sempre trabalhando na importação marítima. Atualmente, sou coordenadora de Importação Marítima da empresa. Desde o início, me identifico com o dinamismo da logística internacional, lidar com vários trades, cada um com seus desafios e particularidades. Da mesma forma, coordenamos processos de uma série de clientes que, no que lhe concerne, atuam nos mais variados setores, dando a oportunidade de entender diferentes dores e gargalos e contribuir com nosso know how técnico. Isso torna o trabalho gratificante.

Como eu já havia estado do outro lado (cliente), consegui construir um senso bem aguçado de lead time e logística just in time. Todavia, quando ingressei na Allog, consegui expandir e acelerar meu conhecimento técnico no ramo da logística. Na operação de importação trabalhei principalmente com o acompanhamento do trânsito internacional das cargas junto aos armadores e clientes e também exerci a função de coordenação de embarque, que cuida de toda a parte de solicitação de booking, contato com o agente no exterior, armador e cliente.

Como vejo o segmento e uma carreira de sucesso no futuro? Estamos observando uma tendência, onde os players procuram, cada vez mais, permanecer por um tempo maior junto a seus clientes com vistas a fidelizar e integrar suas cadeias logísticas, e reduzir o número de intervenientes, processos e rupturas. Além disso, com a pandemia, as inovações no ramo da logística aceleraram e foi possível notar, para quem ainda tinha dúvida, que neste segmento os dados e a tecnologia têm e continuarão tendo um papel muito significante.

Desse modo, profissionais com foco em Life Long Learning, ou seja, que estão sempre aprendendo e se reciclando terão mais oportunidades de obter sucesso. E, sem dúvida, profissionais focados no sucesso do cliente e conectados com a linguagem e cultura tecnológica terão mais oportunidades de se destacar.

Tamara Simas Novais

Mais artigos

Blog

Ano Novo Chinês: 5 aspectos importantes sobre este feriado

Ano Novo Chinês, o feriado que mais afeta a logística internacional. Mas, afinal, você sabe exatamente o que ele significa para o Comércio Exterior? O Ano Novo Chinês é tradicionalmente um tempo para a família, semelhante ao Natal no Brasil. Por esse motivo, empresas que fazem negócios com o país precisam estar atentas a este

Blog

Exportação de vinho brasileiro e espumante crescem em 2019

Exportação de vinho brasileiro deve continuar  a progressão constante em 2019.  Nos últimos anos, o Brasil vem aumentando o volume de exportação de vinho brasileiro: cresceu 177% entre 2015 e 2018. O produto que vem alavancando as vendas do setor vitinivícola brasileiro é o espumante. Segundo dados do Ibravin – Instituto Brasileiro do Vinho, o

Rolar para cima
Previous slide
Next slide