Tem brasileiro em seleção adversária!

Compartilhe esse artigo

O técnico Tite convocará 23 jogadores para defender a seleção brasileira na Copa 2018, mas pelo menos mais alguns atletas brasileiros têm chances reais de jogar o Mundial a partir de junho, na Rússia. Isso porque outras seleções certamente reforçarão seus elencos com atletas da terrinha.

Na classificação para a competição, por exemplo, o Relatório do Cies (Centro Internacional de Estudo dos Esportes, com sede na Suíça) mostrou que 25 das 32 seleções (78%) classificadas para a Copa do Mundo de 2018 usaram atletas nascidos em outros países nas eliminatórias para a Rússia.

Entre os brasileiros que devem estar na competição defendendo outros países, alguns deles são bem conhecidos dos amantes do futebol, como o zagueiro Pepe (Portugal), o lateral direito Mário Fernandes (Rússia) e o zagueiro Thiago Cionek (Polônia).

seleção adversária

A presença de jogadores nascidos por estas bandas vem de longa data. Em 1934, a Itália conquistou a segunda edição da Copa com um paulistano em seu elenco, o ponta direita Filó, conhecido como Guarisi. A Espanha pode ter mais dois jogadores nascidos no Brasil. Os atacantes Rodrigo Moreno, do Valencia, e Diego Costa, do Atlético de Madrid, atuaram pela equipe espanhola nos últimos anos.

A possível lista de jogadores na Copa tem ainda dois nomes com cidadania brasileira. Filho do tetracampeão Mazinho, o meio Thiago Alcântara nasceu na Itália e joga pela Espanha. O zagueiro suíço Léo Lacroix tem mãe brasileira e deve ser adversário da seleção na competição.

Como as 32 seleções têm até o dia 14 de maio – um mês antes do início – para apresentar uma lista de 30 atletas que estarão no grupo, a relação com nomes de jogadores brasileiros naturalizadas na competição pode ser ainda maior. As confederações precisam enviar a relação final 20 dias depois da apresentação dos pré-convocados. A Copa da Rússia acontecerá entre os dias 14 de junho e 15 de julho em 11 cidades-sedes e 12 estádios. Será a primeira vez que um Mundial será disputado no Leste Europeu, e a 11ª realização no continente europeu.

Jogadores brasileiros que vestiram a camiseta de outros países

Filó (Guarisi) – 1934 (Itália)

Mazzola – 1962 (Itália)

Sormani – 1962 (Itália)

Alexandre Guimarães – 1990 (Costa Rica)

Wagner Lopes – 1998 (Japão)

Oliveira – 1998 (Bélgica)

Clayton – 1998 e 2002 (Tunísia)

Alex – 2002 e 2006 (Japão)

Sinha – 2006 (México)

Marcos Senna – 2006 (Espanha)

Francileudo Santos – 2006 (Tunísia)

Deco – 2006 e 2010 (Portugal)

Cacau – 2010 (Alemanha)

Túlio Tanaka – 2010 (Japão)

Benny Feilhaber – 2010 (EUA)

Liedson – 2010 (Portugal)

Pepe – 2010 e 2014 (Portugal)

Thiago Motta – 2014 (Itália)

Sammir – 2014 (Croácia)

Eduardo da Silva – 2014 (Croácia)

Diego Costa – 2014 (Espanha)

 

>> Baixe seu E-Book gratuito Dicionário do COMEX 

 

seleção adversária

Mais artigos

Novidades

Transporte aéreo de carga tem ligeira recuperação em abril

A demanda mundial por transporte aéreo de cargas, medida em toneladas-quilômetro (FTK, na sigla em inglês), aumentou 4,1% em abril ante igual mês de 2017, informou a Associação Internacional de Transporte Aéreo (Iata, na sigla em inglês). O desempenho do indicador revela uma ligeira recuperação frente à desaceleração vista no mês anterior – o crescimento

Blog

Os números superlativos da Copa do Mundo 2018

Quer saber qual o orçamento da Copa do Mundo de 2018? Ou quantos milhões de turistas são aguardados na Rússia? E o número de jogos da competição? A Copa do Mundo de 2018 será a 20ª edição deste evento esportivo, um torneio internacional de futebol masculino organizado pela Federação Internacional de Futebol (FIFA). A edição

Rolar para cima
Previous slide
Next slide