Vinícola Pericó: destaque na produção de vinhos e espumantes premiados

Compartilhe esse artigo

Santa Catarina vem ganhando destaque na produção de vinhos e espumantes que têm conquistados prêmios nacionais e internacionais. De quebra, ainda ajudam a  movimentar a economia de algumas regiões do Estado. Conhecer vinícolas como a Vinícola Pericó e degustar bons vinhos é um programa que ganha espaço com o crescimento do enoturismo estadual. Os visitantes podem acompanhar o cultivo nos vinhedos, a produção da bebida e participar de seções de degustação. Dependendo da época, ainda é possível assistir à colheita da uva durante visitas guiadas.

Vinícola Pericó

Na rota dos vinhos de altitude, a Vinícola Pericó, em São Joaquim, é uma das que mais se destaca. Do plantio à colheita, a equipe a Pericó dedica-se a cada etapa, do crescimento à maturação das uvas de castas francesas. Tudo feito com muito cuidado para preservar a qualidade única dos frutos.

De acordo com Jonas Nunes Tavares, gerente comercial da vinícola, o processo de produção dos vinhos e espumantes Pericó é complexo e com foco na qualidade. “Nosso vinhedo teve suas mudas importadas da França, com garantia de sanidade. Além disso, nosso terroir se sustenta em três pontos importantes: solo rico em mineralidade, estações bem definidas com dias ensolarados e noites frias e a altitude de 1300 metros. A junção destes elementos nos garante uma maturação plena dos frutos e permite a elaboração de espumantes e vinhos complexos e elegantes”, destaca.

Vinhos premiados

A Vinícola Pericó também é reconhecida como a que produziu o primeiro espumante de Santa Catarina. A bebida foi elaborada com uvas viníferas, que conquistaram diversas premiações no Brasil e no exterior. Além disso, é a primeira e única vinícola da Brasil a laçar um icewine. Trata-se de um vinho de sobremesa elaborado com uvas congeladas naturalmente na videira, lançado em 2009. “Foi um grande sucesso e agora planejamos ter em breve uma nova edição”, acrescenta Jonas Tavares.

Soma-se a estes diferenciais, o fato da vinícola produzir vinhos em lotes especiais e limitados. Um exemplo é o Vigneto Sauvignon Blanc e também o Basaltino Pinot Noir. Ambos foram considerados o melhor branco e o melhor tinto, respectivamente, na Expovinis Brasil. Nos últimos anos, o país tem visto crescer seu consumo de vinho.

Os atributos fazem com que a meta da Pericó seja manter o posicionamento de qualidade e requinte, ao mesmo tempo que avalia a possibilidade de conquistar o mercado externo. Atualmente, a vinícola está expandido os vinhedos, o que levará a um crescimento a médio prazo da capacidade produtiva. Com isso, aumentam as possibilidades de vender os produtos da marca para o mercado externo.

Mais artigos

Exportação de arroz: cenário e câmbio favoráveis estimulam as vendas

A oferta mais ajustada em função da quebra da safra brasileira e vendas externas firmes com boa demanda pelo produto brasileiro são alguns dos motivos vistos pela Federação das Associações de Arrozeiros do Rio Grande do Sul (Federarroz) para o bom cenário da exportação de arroz. Além disso, segundo a entidade, a cotação alta do

Allog sorteia bicicleta no Meeting Comex 2018

De olho em ações que auxiliam a mobilidade urbana e a qualidade de vida, a Allog International Transport escolheu a 7ª edição do Meeting Comex, que acontece em Joinville no dia 18 de abril, para lançar uma nova frente de incentivo ao uso de bicicleta. Trata-se do  sorteio de uma bike com marcha, em parceria

Rolar para cima
Previous
Next