CCT Importação Modal Aéreo: padrão internacional nos aeroportos

Compartilhe esse artigo

Já está por dentro do que prevê o CCT Importação Modal Aéreo?

A Receita Federal acaba de colocar em operação um novo sistema de controle de cargas áreas que chegam no país em voos internacionais: o CCT Importação Modal Aéreo. O novo sistema substitui o Sistema Integrado de Gerência do Manifesto, do Trânsito e do Armazenamento (Mantra), em operação há 30 anos, e utiliza ferramentas avançadas de gestão de riscos e tecnologia da informação.

Com o objetivo de aprimorar a eficiência e a segurança da logística do comércio internacional, o novo modelo começou a funcionar no início de agosto em todos os aeroportos internacionais brasileiros.

CCT Importação Modal Aéreo

>>> Cargas prioritárias no frete aéreo: você sabe quais são?

Com a meta de reduzir em 80% o tempo médio de liberação das cargas e em até 90% as intervenções físicas, o CCT Importação Modal Aéreo permite a utilização de um padrão internacional de envio de informações eletrônicas. Esse envio é feito por meio do padrão Cargo XML, desenvolvido pela International Air Transport Association (IATA). O novo processo faz uso intensivo de ferramentas de gerenciamento de riscos e de tecnologia da informação para garantir mais agilidade e segurança aos fluxos logísticos internacionais nos aeroportos do país.

CCT Importação: simplificação dos regimes aduaneiros

O sistema CCT Importação Modal Aéreo foi concebido sob as diretivas de facilitação, simplificação e harmonização dos regimes aduaneiros e das práticas aduaneiras. Estas são estabelecidas no Acordo de Facilitação do Comércio (AFC), da Organização Mundial do Comércio (OMC), e na Convenção de Quioto Revisada (CQR), da Organização Mundial das Aduanas (OMA). O objetivo é aumentar a fluidez do fluxo logístico da carga. Isso sem a intervenção constante da autoridade aduaneira, com a intensificação da gestão de risco a partir de análises das informações prestadas de forma antecipada em sistema.

De acordo com Taisa Cristina Weiss Onofre, Air Operations Coordinator da Allog, com o novo sistema, o próprio agente de cargas é quem lança as informações do HAWB no sistema. Diferentemente do que acontece com o Mantra, onde as informações eram de responsabilidade da cia aérea.

Redução da burocracia

O CCT Importação inova também em procedimentos aduaneiros que eliminam a burocracia, sem renunciar à segurança e ao controle aduaneiro. O registro das informações de viagem e de cargas seguirá um padrão internacional de amplo conhecimento e aderência no mercado. Além disso, os reais detentores da informação são efetivamente os responsáveis por elas, refletindo em maior transparência e segurança ao controle de carga.

>>> Frete aéreo: principais vantagens na logística internacional.

O agente de cargas possui os mesmos prazos de 4 horas para voo longo e de 30 minutos para voo curto para a manifestação de cargas sob sua responsabilidade. O envio de seus dados não depende da prévia informação a ser feita pelos transportadores.

Fique ligado nos prazos

O depositário deve cumprir o prazo de até 12 horas para efetuar a recepção das cargas no aeroporto e destinadas a recinto alfandegado de sua responsabilidade, contadas da chegada da aeronave. Esse prazo, de acordo com norma local, poderá ser dilatado para até 24 horas da chegada da aeronave. O descumprimento dos prazos e da forma para prestar as informações sujeitará o infrator à sanção no valor de R$ 5 mil, definida nas alíneas “e” e “f” do inciso I do art. 107 do Decreto-Lei nº 37, de 18 de novembro de 1977.

Cumpre ressaltar, segundo a profissional da Allog, que, em razão da implantação do novo sistema em todo o país, ainda são necessários ajustes por parte do Serpro e Receita Federal, visando atender casos fora do padrão gerados no dia a dia das operações nos terminais. “Os referidos prazos ainda não estão sendo corretamente atendidos, mas toda a cadeia logística está trabalhando para a resolução e operacionalização eficiente dos processos. Esperamos que, em breve, os principais gargalos gerados nos terminais ao longo do mês de agosto, possam ser esgotados, normalizando o andamento dos embarques aéreos de importação no país”, finaliza.

CCT Importação Modal Aéreo

 

Mais artigos

Blog

Biblioteca Contêiner da Allog é projeto destaque do Selo Social de Itajaí

A Biblioteca Contêiner montada  pela Allog no Centro de Educação Infantil Professora Ermelinda Potter Custódio, no bairro Cidade Nova, em Itajaí (SC), acaba de ser certificada como projeto destaque no Selo Social 2020/2021. A certificação consiste em um documento que reconhece como socialmente responsáveis empresas e organizações por meio de avaliação das ações e investimentos

Blog

Rússia: o país da Copa de 2018

Que tal passar uma semana em um trem que percorre mais de 9.000 quilômetros, 8 fusos horários diferentes, para em 87 cidades e atravessa dois continentes. Ficou curioso? A viagem é uma das muitas atrações turísticas da Rússia, Se antes você não tinha motivo algum para conhecer e visitar o país, com a Copa do

Rolar para cima
Previous slide
Next slide