Seleções de futebol terão direito de levar até 26 jogadores ao Catar

Compartilhe esse artigo

As 32 seleções de futebol que vão disputar a Copa do Mundo de 2022, no Catar, vão poder inscrever até 26 jogadores, incluindo três goleiros. Diferentemente da regra anterior, que estabelecia a presença de 23 inscritos como obrigatória, agora há margem para convocar e inscrever até 26 jogadores. A única exigência é que três deles, independentemente do número total, sejam goleiros.

seleções de futebol

O total de substituições também foi ampliado para este Mundial. Agora, as equipes podem fazer cinco substituições de jogadores no tempo normal e mais uma na prorrogação, se necessário. Até a Copa do Mundo de 2018, era possível fazer apenas três substituições no tempo normal e mais uma na prorrogação.

O número de jogadores que podem ficar no banco de reservas também foi ampliado de 12 para 15.  Isso possibilita que os 26 convocados das seleções de futebol estejam disponíveis às suas equipes nos jogos do Catar.

Montagem de elencos

A promotora da competição não colocou como obrigatório convocar 26 jogadores, como fazia com 23, por sugestão de algumas das federações participantes. Apesar de improvável que algum treinador opte por levar menos atletas do que o limite, alguns dirigentes argumentaram que cabe a eles administrar a montagem dos elencos e consideram interessante ter aberto esta margem para se trabalhar.

>>> Documentos e vacinas no Catar: o que preciso para viajar?

Para João Limas, especialista em Copa do Mundo do Torcedor Allog, a mudança vem ao encontro de praticamente todos os campeonatos nacionais, geridos pela FIFA. Após a paralisação das competições durante a pandemia, várias federações e clubes solicitaram o aumento de 3 para 5 substituições por jogo. Elas alegaram que vários jogadores sofreram perdas físicas durante o período de lockdown. O grande número de lesões nos jogadores após o retorno aos treinos foi outro fator importante para a FIFA acatar a solicitação e manter as 5 substituições como padrão.

seleções de futebol

Além disso, segundo Limas, por ser um torneio de curta duração, é muito comum um jogador se lesionar nos primeiros jogos e perder o restante da competição, pois não há tempo hábil para a recuperação. O aumento de 23 para 26 jogadores faz com que as seleções tenham mais opções no grupo para suprir uma perda inesperada durante o torneio.

seleções de futebol

Mais artigos

Textos

Drones diversificam a pauta de importação brasileira

Um novo item tem ganhando destaque na pauta de importação brasileira: os veículos aéreos não tripulados (Vants) ou simplesmente drones. Em 2016, o mercado nacional de drones começou o ano com uma estimativa de faturamento potencial de R$ 200 milhões ao longo de 12 meses, conforme avaliação do fórum DroneShow. Apesar de ficar um pouco

Blog

Conexão Logistique: case da Allog é mostrado no Boas Práticas

A Conexão Logistique apresentou a Allog como destaque. O “novo normal”, imposto pela pandemia do novo coronavírus que assola o planeta desde o início deste ano, vem a cada dia impondo novos desafios para praticamente todos os setores da economia. E a logística ganhou importância nesse contexto. As empresas precisaram se reinventar para garantir serviços

Rolar para cima
Previous slide
Next slide